1913 – Harry Brearley inventa o aço inoxidável

| Postado por: | Categorias: Novidades

Em 12 de agosto de 1913, Brearley produziu um aço com 12,8% de cromo e 0,24% de carbono, sustentando ser o primeiro aço verdadeiramente inoxidável. As circunstâncias em que Brearley descobriu este aço estão cercadas de mitos. Um conto encantado relata que ele teria jogado o aço no lixo apenas para notar mais tarde se o aço não se enferrujou mais que o dos seus homólogos.

Outros relatos mais plausíveis informam que foi necessário para Brearley causticar o aço com ácido nítrico e examiná-lo com microscópio a fim de analisar sua potencial resistência a ataques químicos. Brearley descobriu que seu novo aço resistia a esses ataques químicos, procedendo a testes com outros agentes, inclusive suco de limão e vinagre. Brearley ficou pasmado ao descobrir que suas ligas tinham ainda maior resistência, identificando imediatamente o potencial desse aço para a indústria de cutelaria. 

invento inox canoas rs

Brearley inicialmente decidiu chamar sua invenção de Rustless Steel (Aço Antiferruginoso), porém o diretor da firma de cutelaria R. F. Mosley, Ernest Stuart, encarregado dos testes finais, preferiu a denominação Stainless Steel (Aço Inoxidável) após mergulhar o material numa solução de vinagre. O nome vingou. 

Foi assim que Harry Brearley descobriu o aço inoxidável. Bem … não totalmente. Durante os cinco anos entre 1908 e a descoberta de Brearley em 1913 muitos outros cientistas reivindicaram o título de Brearley. 

Em 1908 os alemães entraram na refrega. A Krupp produziu um aço de liga cromo-níquel para o casco do iate Germânia. O Meia-Lua, como o iate é agora conhecido, tem uma rica história e está hoje ancorado na costa leste da Flórida.

Não contente que a Europa monopolizasse a glória, o metalurgista norte-americano, Elwood Haynes, depois de ficar irritado com seu barbeador enferrujado, pôs-se a campo para desenvolver um aço resistente à corrosão, o que supostamente conseguiu durante 1911.

Finalmente, um artigo recentemente descoberto, publicado numa revista de caça e pesca sueca em 1913, menciona um aço usado para canos de revólver que parece assemelhar-se ao aço inoxidável. Embora isto possa não passar de especulação, os suecos reivindicam que de fato foram eles os responsáveis pela primeira aplicação prática para o aço inoxidável.

A despeito de haver muito mistério e especulação acerca da descoberta deste maravilhoso material, não resta dúvida que, sem os esforços combinados dos cientistas e metalurgistas mencionados, não teríamos tão rico e versátil metal na ponta dos nossos dedos. 

Fonte: http://operamundi.uol.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>